[wp_show_posts id="376"]

#passado

“No meu tempo”: aquele lugar supostamente mágico, mas que ficou para trás

“No meu tempo tudo isso aqui era campo.” “No meu tempo a gente tinha palavra e não precisava de papel assinado.” “No meu tempo as crianças respeitavam os mais velhos e os professores.” “No meu tempo não tinha essa pouca vergonha.” No meu tempo… Nesse tal de “meu tempo” não existem maldades ou dificuldades. O “meu tempo” é um paraíso na Terra, filtrado por potentes lentes cor-de-rosa. No “meu tempo” morava a felicidade, que ficou lá atrás, irretocável. E esse tempo não deixou só saudades. Ele deixa nossos pés plantados como raízes e nossa cabeça voltada para um lugar que não existe mais. E quem insiste em caminhar olhando para o passado, invariavelmente tropeça no presente. E será que era mesmo tudo isso? “No meu tempo” é uma frase que envelhece automaticamente quem a diz, independente da idade, além de demonstrar o desprezo pelo agora.  O recado é: “meu tempo” foi um banquete farto, cujos pratos principais já foram saboreados e restam os ossinhos de frango para serem roídos para quem não viveu “aquele tempo”. Mas qual é o “seu tempo”, se estamos tratando com vivos? Os anos dourados da juventude? A infância? Depois disso as coisas não deram mais ... Leia Mais

Ao amigo que não ficou

Oi, amigo! Tudo, e você? Nossa, por onde vamos começar? São uns 25 anos de atualização do HD. E nem se fala mais HD. Começa você…não! Eu começo. Você nunca foi muito bom de começos. Vou pular a parte de como estou, se tive filhos, se casei, se aprendi a dirigir e por onde andei. O Facebook faz sua parte e, com certeza, você já deu uma geral por lá. Não? Ah..não me faça rir… esqueci minha agenda na sua casa uma vez e você folheou página por página, lembra? Hoje é engraçado. Mas naquela época foi constrangedor. Olha, confesso que passei anos sem lembrar de você. Sério. Não é bonito dizer, porém é verdade. Mas isso não significa nada. Apenas que a vida estava fazendo sua parte e me levando por um monte de lugares, me entupindo de projetos para realizar e me apresentando pessoas que não ficaram. E outras que ficaram. Mas aí vieram as redes sociais, que funcionam como um portal: as lembranças voltam e só então percebemos que tem gente que, diferente do tempo, nunca deveria ter passado. O tempo. Acho que, de maneira geral, ele não foi vilão. Muita coisa melhorou, apesar de ter menos ... Leia Mais