[wp_show_posts id="376"]

#amor #triste #dor #superar

Desculpe, foi engano

Não. Não dá para passar uma borracha e esquecer tudo. E também não dá para culpar o outro por erros seus. Mas, por sorte, a estrada é de mão dupla: o caminho que vai, também volta – Concentra. Tenho certeza que você vai lembrar. Começa tirando a lente cor-de-rosa e encara: ele era isso o tempo todo. Esse exercício, proposto por mim para uma amiga, tinha a intenção de fazê-la puxar para o nível de consciência situações desagradáveis e mensagens subliminares – e outras nem tão subliminares assim – de um relacionamento que já não fazia mais sentido. Parecia cruel. Ela lá, do outro lado do mundo, querendo ser consolada, querendo ouvir que era possível esquecer tudo, passar uma borracha, como dizem por aí (como se fosse possível apagar dores dilacerantes), e se atirar nos braços traidores que lhe eram estendidos novamente. Mas aí era eu que nunca me perdoaria por assistir e não agir. Foram meses de ligações, voltas atrás, broncas, lágrimas, convicções quebradas, cansaço de mil maratonas. Mas ela sempre soube qual era o caminho. Por isso eu nunca desisti dela. Por isso ela nunca desistiu de mim. E esse caminho passava longe de ser o mais fácil. ... Leia Mais